Sites com música. Você gosta? O que acha?

por Sandro Alencar Fernandes - 22/08/2007 - 09:19

Navegando em meu leitor de RSS e olhando os posts do site FatorW, encontrei um post cujo título destaca a opinião do autor “Sites com música são um desrespeito ao usuário“.

No texto ele destaca:

Por isso mesmo em casos em que o som se justificaria, como no caso do site de uma banda, por exemplo, deixe o player à vista e permita que o usuário escolha se quer executar o som ou não. Não tome essa decisão por ele ou o que era admiração por uma banda pode se tornar em repúdio.

E você gosta? O que acha?

3 Comentários :
Remo:

Olha, é uma grande discussão !!! Em primeiro lugar deve-se ter bem claro o objetivo do site, ou seja, porque ele existe ??? Ao sabermos a resposta, devemos abordar como poderemos tratar melhor as ferramentas e "perfumarias" disponíveis para atingir esses objetivos... Se vai ter som ou não, vai depender dos objetivos traçados, neste caso, a estratégia a ser adotada deve ser discutida !!!
Aurélio V. Schuelter:

Como todos os recursos visuais e sonoros que podem ser colocados em um site, tudo deve ser muito bem ponderado e pensado sobre a real necessidade, e verificado se a adição do recurso traz algum incremento ao site ou é apenas uma "perfumaria" a mais. Recursos multimídias bem explorados em um site, podem trazer bons resultados, porém, o site deve ser acessível e o seu conteúdo deve ser mantido caso a visualização do mesmo não seja possível.
Rodrigo Prior:

Walmar analisou apenas através do enfoque "desenvolvedor". Quando analisamos a questão do ponto de vista de websites que geram negócios, vendem produtos ou então buscam a imersão do usuário em um ambiente de marketing, o buraco sendo bem mais embaixo. Talvez esse seja o ponto básico que torna a criação de uma equipe multidisciplinar o ponto chave para o desenvolvimento de websites efetivos em todos os sentidos.

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.