Richard Stallman evoca Tiradentes contra Microsoft

por Administrador - 10/07/2007 - 14:01

Pessoal, embora o acontecido tenha sido no ano passado, vale a pena ver como esse cidadão histórico e importantíssimo para as comunidades de Software Livre tem se comportado diante da Microsoft.

Fundador do Projeto Gnu e da Free Software Foundation, Richard Stallman chamou a atenção do público, durante o 7º FISL de Software Livre em Porto Alegre, ao gritar para funcionários da Microsoft, em altos brados, “libertas quae sera tamen”. Os emissários da corporação estavam presentes em debate promovido no estande da Infomedia TV.

A frase, que em português significa “liberdade ainda que tardia”, é fortemente associada à Inconfidência Mineira. Dia 21 de abril é feriado de Tiradentes, ícone inconfidente.

Richard Stallman com Microsoft

Stallman na palestra sobre Licenças GPL v.3

Stallman em sua palestra

Stallman em sua palestra

fonte: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/CoberturaWiki/Post20060421200314

2 Comentários :
Remo:

É isto mesmo, mas sabes que este negócio de radicalismo é complicado, sempre defendo esta idéia, nem tanto ao mar e nem tanto a terra. O equilíbrio sempre é a chave do melhor negócio. É claro que o Stallman tem que fazer o papel dele, que é atacar de fato o império em prol de novas alternativas. Quem ganha com isto ? Todos nós, que poderemos ter alternativas que em alguns casos estão muito melhores do que os disponíveis. Abraço e obrigado pela contribuição
Sandro Alencar Fernandes:

Remo, Interessante e digamos intrigante a iniciativa porém gostaria de ouvir do próprio Richard Stallman as argumentações de por que ele ecoa a frase "liberdade ainda que tardia". Seguindo ao pé da letra tem-se uma idéia, porém acredito que ele deva ter uma forte opinião e bem fundamentada que justifique tal ato. Muito legal... e que venha o futoro com software livre.

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.