Re-Descobrindo o Mundo

por Administrador - 17/06/2009 - 17:52

Os computadores e a internet são hoje para os jovens o sonho da casa própria para os mais experientes.
Para quem já está habituado e familiarizado com o cotidiano web, não faz diferença as expressões, a tecnologia avançando minuto a minuto. Agora para alguns de nossos pais isso é uma visão futurista. É como trocar a velha televisão preto e branco de 14” por uma LCD de 42”.

Diante do mundo virtual esses “jovens experientes” são como crianças. Dias atrás, pude observar a euforia de uma dona de casa, descobrindo a webcam. Para ela estar on-line é utópico e o fato de poder conversar com parentes, irmãos e sobrinhos diante do computar foi simplesmente surreal.

Para a grande maioria mundial, ver a imagem do parente querido através do computador parece tão simples, mas para uma simples dona de casa que até então só sabia usar o telefone e ligar o radinho de pilha na AM, foi atravessar o estado. A imagem em movimento a deslumbrou de tal maneira que mal podia acreditar que aquilo era verdade.

E é assim, a internet nos proporcionou trazer o mundo para dentro de nossas casas e escritórios. Ao invés de irmos de encontro com o mundo. A tecnologia avançou de tal maneira que o fabricante de agenda telefônica, sim aquela agendinha que ficava embaixo do aparelho, teve que se modernizar ou mudar de ramo. Afinal quem precisa de agendinha se na internet você consegue não só achar o que está procurando, mas como os concorrentes, os concorrentes dos concorrentes, …

Como explicar a estes experientes cidadãos da modernidade web? É quase uma missão impossível, que exige paciência, muitos acessos e muitas anotações. No caso desta dona de casa, o caminho mais simples, porém útil foi inseri-la no MSN. Pelo menos facilita para saber previamente o que será servido no almoço, caso ela consiga logar!!

2 Comentários :
Jonatan:

Sandro, concordo plenamente. Somos a geração mais conturbada por isso. Convivemos com pessoas Digitais e Analógicos. Veja como será natural para a próxima geração essa convivencia com a tecnologia.
Sandro Alencar Fernandes:

Ao pararmos para pensar e analisar ao fundo esse texto e os fatos nele relatado, percebemos que o mundo está mudando. E há essa disparidade entre duas ou três gerações. Enquanto nossos filhos já nascem "digitais", nossos pais e avós tem uma formação analógica. E para esses conhecer o universo online é uma descoberta.

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.