Questão de gosto no design Web

por Sandro Alencar Fernandes - 27/07/2007 - 09:00

Frequentemente ouvimos alguém aqui na empresa falando “Pô! Design é questão de gosto, gostei daquele design que o cliente não aprovou, ou aquele era melhor que outro”.

Porém certas vezes nem mesmo nós e provavelmente nem o cliente pensam no gosto do verdadeiro “cliente”. O usuário do site.

Devemos ao avaliar o design e todo projeto Web nos portar como usuário do site, mais o usuário real, leigo em busca de uma informação ou serviço que o site oferece. Devemos até mesmo transpor as barreiras dos nossos gostos pessoais, a fim de identificar as sensações que o usuário sente ao ver o design.

Não é fácil e por isso devemos avaliar, testar o design com usuários reais. Não adianta ser com um amigo ou alguém que não tem interesse no conteúdo ou outro designer pois esse não está efetivamente em busca do objetivo do site e sim está apenas analisando um item, o design.

Pouco resolve, também, pedir para alguém analisar um site pouco antes do lançamento, pois dependendo da sugestão pouco poderá ser feito. O ideal é lançra e colher o retorno, os comentários, os elogios as críticas e ir ajustando o site aos usuários no decorrer do uso.

1 comentário :
Remo:

Falou tudo Sandro !!! Não adianta "fabricar" um site como o fabricante acha mais bonito, também não adianta "comprar" um site como a empresa deseja e sim "vender" os produtos/serviços aos interessados. Com esta analogia, sou totalmente favorável de que o site é feito para os clientes do cliente do desenvolvedor, se levarmos em conta os produtos e serviços a serem comercializados. Não estou tratanto aqui os sistemas internos via web, e simplesmente os sites que se proliferarão como imagem da empresa !!!! Muito Bom Sandro.

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.