Orkut, dá para desprezar??

por Administrador - 10/05/2011 - 11:29

O brasileiro é o povo que mais se conecta a amigos no mundo na internet (segundo uma pesquisa divulgada pela Warc). A média de conexão entre amigos por aqui é de 231, enquanto no resto da América Latina é de 176 e no mundo – de uma maneira geral – 120.

Segundo a pesquisa 94% dos brasileiros que possuem contas em redes sociais, estão no Orkut. Já cerca de 38% estão no Twitter e outros 36% no Facebook. Não é de hoje que o Orkut de fato só funciona no Brasil. Com falhas ou não a rede do Google ainda conquista grande fatia da nossa população.

Como já comentei aqui, os negócios corporativos ainda estão arredias em aderir às redes sociais. E há de convir que as que estão investindo neste novo nicho de mercado, vão em busca das redes da moda como o Facebook e Twitter (no máximo algumas se aventuram no Linkedin), ou seja, há sim preconceito em investir em ações de marketing no Orkut.

O fato é que não há como desprezar ou simplesmente ignorar a rede do Google, afinal grande parte do público-alvo está lá com seu perfil (mesmo que não atualizado diariamente) e muitos usuários enviam solicitações, dúvidas e até agendamentos através de recados no Orkut. A partir do momento que uma organização investe em mídias sociais é de suma importância sim relevar ações no Orkut.

 

Nenhum comentário :

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.