Mudança da criação de sufixos na internet

por Administrador - 12/01/2012 - 16:44

Poderão ser solicitados nomes para substituir os famosos .com, .br ou o .org

A partir desta quinta-feira, 12 de janeiro, a internet passa a agir de forma ainda mais dinâmica com seus usuários. Passam a valer as novas normas aprovadas pela americana Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN) que permitem que qualquer entidade possa solicitar o registro de um novo gTLD (Generic Top Level Domains) na Internet.

De acordo com o diretor da Área Local – Agência Digital, Remo Carlo Bortoluzzi os nomes podem ser solicitados em qualquer idioma. “Até hoje estamos limitados a sufixos como .com, .br, .gov ou o .org a partir da mudança, serão possíveis serem registrados os próprios nomes das empresas. Com isso passamos a ter e-mails como remo@arealocal.arealocal”, explica

Como exemplo Remo cita que os endereços eletrônicos podem terminar como .arealocal, .riodosul ou ainda .gostodepastel. “Grandes empresas como a japonesa Canon já anunciaram o desejo de registrar o .canon, o mesmo acontece com os domínios genéricos como .music, .hotel e .web que já tem diversos interessados”, conta.

As mudanças que começam a ser registradas no dia 12 de janeiro vão proporcionar possibilidades de criatividade, marketing e inovação das empresas. “Outro ponto positivo é que as empresas podem evitar fraudes virtuais. Se a empresa tem o sufixo com o seu nome torna o conteúdo ainda mais oficial”, diz Remo.

Para solicitação do novo gTLD existe uma série de critérios para a aprovação do registro de domínios, taxas a serem pagas à ICANN na faixa de quase 200 mil dólares norte-americanos, além do custo com instalação e manutenção de infraestrutura para gerenciar os domínios.

A ICANN é quem vai receber os novos pedidos de gTLDs no período de janeiro a abril, mas os cadastros deve ser solicitados até março. No Brasil, as disputas de nomes de domínios na internet são realizadas pelo Sistema Administrativo de Conflitos de Internet (SACI).

Atualmente, existem 22 genéricos de domínio de alto nível conhecidos. Existem também cerca de 250 domínios de países como .uk para Reino Unido e .cn para a China. “As mudanças vão implementar centenas de novas opções para os usuários da internet”, finaliza Remo.

Nenhum comentário :

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.