Grupo de empresas de Tecnologia da Informação do estado cria a Associação Catarinense das Agências Digitais

por Administrador - 31/10/2007 - 06:00

Anderson - A2CUm grupo de empresas de tecnologias da informação (TI) criou as bases para a formalização legal da Associação Catarinense das Agências Digitais (ACADi), baseada nos estatutos de outras entidades similares existentes na região Sul. O empresário de TI Anderson de Andrade, da A2C – Internet para Negócios, foi indicado como presidente da nova entidade.

A reunião de fundação ocorreu no último dia 19, no auditório da Fundação Softville. Foram eleitos entre os participantes Mauro César Pereira (DataClick) como vice-presidente e Adriano Reinert (InterMaker) como tesoureiro. Os demais participantes da reunião de criação da ACADi foram: Leandro Loureiro (Senciente Serviços Digitais), Ricardo (Fonix Multimídia), Marciel Amorim (Face Digital), Luciano Loffi (Falcan), André Monsores e Rodrigo (SLG), Arthur Ribeiro (Feeling Internet) e João Afonso Boer (JAB-ME).

Os objetivo da ACADi são o de promover o desenvolvimento do mercado através da sua profissionalização e aculturamento, aplicando, difundindo e estudando os princípios e métodos de informação, voltados para a formação e o aperfeiçoamento de empresas que atuem no ramo digital, em especial com consultoria, projeto e desenvolvimento em Internet. A associação pretende criar mecanismos para mensurar e disponibilizar informações sobre o mercado catarinense e pretende congregar os segmentos que compõem o mercado e criar oportunidades para seus associados.

A ACADi prestará serviços aos seus associados, que contemple a coleta sistemática de informações, a troca, a análise e a crítica de experiências, o estudo e a divulgação de técnicas nas áreas de interesse de suas associadas e afins e colaborar com os poderes públicos em assuntos de interesse técnicos e profissionais.

A ACADi compõe-se de pessoas jurídicas associadas, que desempenhem como atividade principal fazer consultoria, projetos e desenvolvimentos digitais, em especial aqueles voltados para a Internet, tendo essa condição, inclusive, em seu objeto social, as quais serão representadas por seu diretor, gerente ou administrador, assim classificadas como Associado Efetivo, Associado Fundador e Associado Honorário – as pessoas jurídicas distinguidas com esse título, em homenagem excepcional ou em reconhecimento a relevantes serviços prestados à ACADi ou às atividades de suas associadas e afins.

Fonte: Noticenter

1 comentário :
Sandro Alencar Fernandes:

Jonatan, Interessante, acho que a criação dessas associações a exemplo do NIAVI (Núcleo de Informatica do Alto Vale do Itajaí) auxiliam a profissionalizar o segmento te TI e fortalecer empresas interessadas em atuar dentro a ética e em prol da comunidade e da evoluções dos serviços e produtos prestados na área de computação e Internet. Vamos pesquisar mais a respeito dessa assiciação e quem save filiar a Área Local.

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *