Fintech o que é, e qual suas vantagens?

por Administrador - 09/12/2019 - 12:54

 

 

O termo Fintech se deu na junção de duas palavras em Inglês: Financial (Financeiro) e Technology (Tecnologia), contudo, seu significado é muito mais abrangente do que apenas “Tecnologia Financeira”.

 

O que são as Fintechs?

 

As chamadas Fintechs, são startups ou empresas que desenvolvem e oferecem produtos financeiros com a característica de serem totalmente digitais, menos burocráticos, mais transparentes, e que desafiam o mercado até então dominado pelos grandes bancos.

 

A tecnologia de ponta é o grande diferencial oferecido pelas Fintechs, se comparada a outras empresas mais tradicionais que estão no mercado, na maioria delas é permitidos que os clientes controlem os produtos através de dispositivos móveis sem nem mesmo precisar estar fisicamente em algumas agência. Estar por dentro deste termo é um dos grandes passos para encontrar melhores alternativas para os serviços tradicionais de bancos.

 

Vantagens de uma Fintech?

 

As fintechs são famosas por oferecer ao consumidor soluções que até então o mercado desconhecia, menos burocráticas e navegação mais intuitiva, pelo fato de estarem disponíveis nos dispositivos móveis, e o melhor, o custo é baixíssimo.

 

Tudo só é possível graças  a inovação tecnológica que vem cada vez mais abrindo novas portas. Resumidamente, as Fintechs chegam ao mercado trazendo produtos financeiros inovadores, em muitos dos casos, foram desenvolvidas para facilitar e trazer inúmeras vantagens aos consumidores.

 

Diferença entre Startup e Fintech?

 

Algumas das Fintechs no seu início podem ser Startups.

 

As Fintechs, são empresas de serviços financeiros com o seu maior diferencial sendo o uso da tecnologia de ponta.

 

Já as Startups, são empresas que tem por sua característica a inovação, e por estarem na sua grande maioria no estágio inicial, são novas no mercado, e geralmente não apresentam lucro logo de início, porém com grande potencial rápido de crescimento.

 

A diferença entre as duas, é que a Startup não necessariamente deve fazer parte do financeiro. Ela pode atuar no núcleo de entretenimento, seguros, tecnologia, alimentação, vestuário ou qualquer outro segmento.

 

 

Para mais informações, converse com nossa equipe!

 

#15AnosÁreaLocal

 

 

Nenhum comentário :

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *