Eu sou a lenda

por Administrador - 29/01/2008 - 11:44

Semana passada assisti ao novo filme do Will Smith, “Eu sou a lenda”.

O filme conta a história de Robert Neville (Smith) que é o único sobrevivente na ilha de Manhattan após a infecção de um terrível vírus incurável, criado pelo homem, que dizimou a população de Nova York. Robert Neville é um cientista brilhante que, sem saber como, tornou-se imune ao vírus. Há 3 anos ele percorre a cidade enviando mensagens de rádio, na esperança de encontrar algum sobrevivente. Robert é sempre acompanhado por vítimas mutantes do vírus, que aguardam o momento certo para atacá-lo. Paralelamente ele realiza testes com seu próprio sangue, buscando encontrar um meio de reverter os efeitos do vírus.

O filme é uma super-produção “a lá” hollywood, e conta com a boa atuação de Will, e o destaque para “ator coadjuvante” do filme é a cadela com quem ele passa a maior parte do filme.

Minha impressão sobre o filme foi boa, mas achei que ia sair do cinema empolgado e querendo assistir de novo, mas não deu, o filme é bom, mas parece que faltou um salzinho em alguns pontos.

O som do cinema também estava muito alto, e em alguns momentos acabava até se distorcendo. 🙁

Pra quem quiser ver, a cena de abertura é muito boa, com Will dirigindo um carrão possante pelas ruas de Nova York para caçar veados.

Nenhum comentário :

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.