Aplicativos que são storytellings

por Administrador - 28/02/2014 - 11:05

Olá! Vocês sabem o que é storytelling? É a arte de compartilhar conhecimento, que sempre foi utilizada pelo ser humano mesmo antes das invenções de mídias sociais, geralmente em forma de narrativa, com começo, meio – clímax ou plot – e fim.

Até mesmo nossos ancestrais usavam essa estrutura narrativa, contando para suas tribos sobre suas aventuras e assim passando seu conhecimento para os outros.

Depois que surgiram a literatura, teatro, cinema, quadrinhos e música, essas estórias se desenvolveram mais e mais, mas sem nunca perder a sua essência – que, no caso, é a de entreter e como bônus transmitindo seus ensinamentos a quem acompanha suas estórias.

Pois é, e hoje em dia, com tantas gadgets e tecnologias disponíveis, criaram um novo jeito de desenvolvê-las (digo, as storytellings): vários aplicativos para crianças são estórias interativas que captam a atenção, como se fosse um livro com trilha sonora e (muitas) ilustrações.

Neste post, vamos apresentar três apps legais desse estilo.

1- The Jörgits and the End of Winter


A estória conta sobre alienígenas que vieram à Terra, por ser um planeta mais quente, e planejavam pousar no Havaí, porém acabaram caindo em Helsinki (Finlândia). É possível ler as biografias de cada personagem, descobrindo novos cenários e desvendando segredos no mapa da cidade. O que mais chama a atenção é a trilha sonora.

Está disponível na App Store por $6 para iPad.

2- InfiniScroll App

O nome do app não é coincidência: é possível levar a estória a vários caminhos, dependendo do que o leitor desejar. Ele carrega 80 ilustrações (!) e todas ricas em detalhes – cada ilustração é um passo na estória. Ao rolar a tela para cima, um novo desenho aparece, e se rolada para baixo, a história dá um passo para trás, porém com um personagem diferente do anterior.

Disponível para iPad e iPhone por $1,99.

3- Spotlight Player

Disponível apenas para Moto X (Motorolla), esse app tem como primeira estória “Windy Day”. Na descrição do aplicativo, diz que “Windy Day foi processado usando os mesmos gráficos padrão que fazem com que os personagens da Pixar e os ambientes sejam tão perfeitos”. Permite que a experiência – explorar os cenários – seja personalizada, para que cada usuário faça suas próprias descobertas enquanto ajuda um pequeno rato a ir atrás de seu chapéu na floresta.

E aí, o que acharam? É um bom jeito de entreter as crianças, não é mesmo?

Fontes: Brainstorm 9 e Update or Die

Nenhum comentário :

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.