Água para o beija-flor!

por Administrador - 30/05/2007 - 13:00

Na varanda da minha casa tem um bebedouro para beija-flores. Gosto desta criaturinha, pois me traz muitos ensinamentos. Sempre comparei os beija-flores aos clientes de uma empresa. A alegria que me proporcionam é diretamente proporcional aos seus ensinamentos. Vamos à eles.

Meu vizinho, vendo que os pequeninos vinham todas as tardes buscar umas gotinhas de água para saciar a sede, resolveu colocar um bebedouro idêntico ao meu. Uhhhhh, essa concorrência é dura. Não bastasse isso, seu quintal é bem mais arborizado que o meu. (Já passou a ser concorrência desleal). Os pequenos começaram a trocar o lado do muro. O pior, começou a colocar um pouco de açúcar na água. Aí faltou a ética, pois se ele não trocar a água todo santo dia, corre o risco de matar o beija-flor por causa da fermentação do açúcar. Tudo bem! Foram todos embora. São nessas horas que dá vontade de matar quem inventou a concorrência, mas calma, nem tudo está perdido. Eu simplesmente continuei colocando água fresca. Só, mais nada. Não tenho árvores e consultei um profissional que não me indicou o açúcar pelos riscos expostos. Êpa, cadê meus clientes? Sumiram todos! Pelo menos, por alguns dias.

Mas vendo todo o trabalho diário de ter que trocar a água, meu vizinho simplesmente abandonou esta tarefa e o que aconteceu? Todos aqueles e outros mais beija-flores que ele tinha conquistado, voltaram a beber sua água fresquinha na minha casa. Agora pare pra pensar:

  1. Você nunca estará sozinho em ramo nenhum. Se estiver, prepare-se, o concorrente pode estar mais perto que você pensa. Copiam suas idéias e podem fazer melhor que você.
  2. Concorrência é concorrência. Pode até ser ética, mas nem sempre é leal.
  3. Não se preocupe em demasia com seu concorrente, ele pode estar matando os seus próprios clientes.
  4. Seja persistente, faça o que tiver ao seu alcance, dentro das suas possibilidades, e dentro dos limites éticos.
  5. Tamanho e espaço físico não é vantagem competitiva. Um bom serviço sim.
  6. O cliente não é seu. Ele está seu. Quando ele experimenta um concorrente e volta, seu laço fica ainda mais forte.
  7. Vislumbre resultados à longo prazo, evite o imediatismo.
  8. Lembre-se de fazer bem o que é realmente necessário e evite oferecer vantagens desnecessárias. Talvez não seja isso que seu cliente necessite.

Sucesso, as suas atitudes fazem a diferença!

Por: André Paschoini

7 Comentários :
valéria rodrigues:

Eu comecei a colocar agua com açucar para os beija flores,era uma festa tambem para os sebinhos,porém não sei se por concorrência meus amiguinhos sumiram ! todos! mas não irei desistir,continuo trocando a agua todo dia pela manhã,quem sabe eles resolvam voltar para alegrar minha varanda ?
Remo Carlo Bortoluzzi:

Olha Leane, como fazer para atrair os bichinhos, não sei não ! Mas dê uma olhada em http://pt.wikipedia.org/wiki/Beija-flor
leane maria de sousa cunha:

eu nao tenho jardim mas gostaria de saber como poso faser para conseguir que as beija flor aparesa nos bebedouros que eu coloquei pois sou apaixonadas por elas so que nao consigo faser com que elas aparesam
Egle Munhoz:

Parabéns André. Eu estava apenas buscando orientação sobre como preparar págua para os pequeninhos e achei uma lição de vida e uma estratégia de trabalho. Brilhante! Um abraço. Egle Munhoz - Ribeirão Pires/SP
Sandro Alencar Fernandes:

Amigos, Certamente uma bela analogia. Em seus comentários várias foram as visões. Bom cabe-me a contribuição. Primeiramente, sobre o texto novamente em um post nesse blog falamos em persistência e qualidade. Além disso o texto detalha que devemos focar a solução no que realmente o cliente necessita e não apenas na grandiosidade ou visual de nosso jardim. Em segundo lugar, nos comentários de vocês e juntamente com o meu ressaltamos que o compartilhamento de idéias e conhecimentos geram mais idéias e conhecimentos. E que continue nossa aprendizagem.
Jonatan da Costa:

Pensando em associativismo, podemos dizer que o ideal seria eles revezarem, cada dia um colocar a água com açúcar em seu jardim. Assim diminuiriam o trabalho de ambos e serviriam água fresquinha todos os dias.
Remo:

Excelente comparação !!! Pior é se o teu concorrente é persistente e continua a água com açúcar, lava todos os dias, e ainda coloca um campo de observação, para atrair outros tipos de clientes. Mas é de se pensar e quem sabe, seu ramo pode ser o de criar um campo de observação... parceria....

Escreva um comentário:


O seu endereço de e-mail não será publicado.